10 outubro 2004

Honra

«Quando o homem tem toda a certeza de que os governos são maus e de que não há lei ou instituição alguma em que pode confiar, o conceito de honra torna-se essencial. Sem esta, os homens sem voz ou representação do mundo inteiro podem reduzir-se a nada. Os pobres, muito especialmente, precisam deste valor.»

V. S. Naipaul, Para Além da Crença, Digressões Islâmicas entre Povos Convertidos

2 comentários:

Joaquim Manuel COUTINHO RIBEIRO disse...

Vivemos um tempo em que a honra é o que resta. E um tempo em que os homens e mulheres honrados têm um espaço limitado. E é também um tempo em que alguns tendem - como disse uma vez em tribunal - a discutir a honra dos filhos da puta.

Primo de Amarante disse...

Mas a honra sem o resto, sem a postura de vida, o que lhe dá conteúdo,para que é que serve?!... Talvez para ser uma palavra "armadilha", a que serve para defender os f.p.!