10 março 2009

Queda de elevador

Ontem, apanhei um susto. Estava numa reunião, quando ouvi bater à porta da rua. Resolvi descer ao rés-do-chão. Tomei o elevador. Só que não parou e continuou o movimento de encontro aos amortecedores no fim do túnel. A adrenalina subiu, mas não quero repetir a experiência. Felizmente, o porteiro ouviu, desceu à à cave e conseguiu abrir a porta por onde pude saltar para fora. Trata-se de um elevador antigo (anos 30 / 40), muito bonito. Mas de futuro não volto a utilizá-lo. Mesmo que tenha afixada certificação de inspecção!

4 comentários:

O meu olhar disse...

Não gosto de elevadores, mesmo que sejam bonitos. Normalmente a minha opção é ir a pé, sempre que possível. Por isso, compreendo bem que não queira entrar de novo nessa peça que calculo que seja de museu :)

jcp (José Carlos Pereira) disse...

Safa!

JM Coutinho Ribeiro disse...

É caso para ternos cuidado com o nosso :-)

M.C.R. disse...

Caro Mocho: isso foi uma aventura! creio que se o elevador for bem revisto essa aventura só se repetirá daqui a uns bons anos.
De todo o modo subir e descer a pé faz bem como se comprova pela nossa "o meu olhar" que está ali para as curvas!...