19 setembro 2008

Lisboa à Noite

Segundo o Público, o Governo e a Câmara de Lisboa vão dar transporte de borla ao pessoal da noite lisboeta. Tudo se passa aos fins de semana, entre as 22 horas e as 5 da manhã.

O pessoal da noite passa a usufruir de autocarros gratuitos, de 20 em 20 minutos. Para que a mobilidade seja maior, o metro e a CP vão alterar os horários matinais, tornando-os mais madrugadores, a fim do pessoal da noite poder ir dormir mais cedo. É ler emhttp://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1343287

O programa que o governo e a edilidade lisboeta acordaram também envolve a PSP, que será reforçada nas noites dos fins de semana para maior tranquilidade dos noctívagos.

O que a notícia não revela é quanto custa este programa de fomento das noitadas.

Também não revela se se trata de um programa exclusivo da capital ou se estamos perante uma experiência piloto, a ser aplicada em outras cidades do país, a começar pelo Porto, Coimbra, Braga e nos Allgarves.

Confesso que me pareceria mais racional se o Governo facultasse transportes grátis para quem se levanta de manhã e vai trabalhar.

De qualquer modo, é este o objectivo do post, não posso deixar de exprimir o meu desconforto e inquietação em saber que os impostos são aplicados desta forma.

2 comentários:

JM Coutinho Ribeiro disse...

Pois, aparentemente, tem razão. Mas não sei se toda. Os tempos estão mudados. E nõs nunca saberemos quanto :-)

M.C.R. disse...

Aspas